quarta-feira, 14 de julho de 2010

#atitude - Reciclagem de Óleo e de Vidro

Segundo o site Inovação Tecnológica, a Reciclagem do Óleo usado gera enda para 1.8 mil trabalhadores. Isso mostra que realmente, como diz o próprio site, o potencial do óleo comestível.
Só um lembrete, oks?
1 LITRO DE ÓLEO POLUI 1 MILHÃO DE LITROS DE ÁGUA POTÁVEL!!!
Vejam a reportagem do blog que fala sobre a reciclagem do óleo, cliquem aki
A seguir, uma parte do texto que vc pode ler no site de origem, o Inovação Tecnológica.


Reciclagem do óleo de cozinha

Na Grande São Paulo, a organização não governamental (ONG) Trevo é uma das responsáveis pela coleta desse material em cerca de 2,5 mil prédios. Segundo Roberto Costacoi, a ONG que preside coleta, em média, 270 mil litros de óleo por mês.

Todo esse óleo de cozinha que é recolhido pelos prédios, bares e principalmente restaurantes fast food de São Paulo é depois tratado e repassado para grandes indústrias de biodiesel. Com esse trabalho, a organização se autossustenta e gera emprego para 50 famílias que recebem, em média, R$ 1 mil por mês.

"A reciclagem tem várias vantagens: uma é que vamos deixar um mundo melhor para nossos filhos e netos. Outra é que vai cair pela metade o gasto do condomínio com o desentupimento de esgotos e encanamentos - e sabemos que qualquer desentupidora não sai de sua base por menos de R$ 1 mil. Tem ganho material, ganho ecológico e geração de emprego", destacou Costacoi.

Segundo a Sabesp, empresa responsável pelo fornecimento de água, coleta e tratamento de esgotos de 366 municípios do estado de São Paulo, a reciclagem do óleo de cozinha realmente diminui o número de trabalhos de desobstrução na rede de esgoto. Em Cerqueira César, bairro da capital paulista onde o trabalho começou a ser desenvolvido em 2007 com as ONGs Trevo e Ecóleo, 1,6 mil condomínios aderiram ao programa e o resultado foi que o número de desobstruções de esgotos diminuiu 26% em relação aos demais bairros operados pela Sabesp.

Postos de trabalho e renda

De acordo com Célia, uma família brasileira formada por cinco pessoas consome cerca de quatro litros de óleo por mês. Desse total, um litro é descartado e o restante absorvido na comida. Pelos cálculos da Sabesp, cada litro desse óleo que é descartado nas pias polui mais de 25 mil litros de água.

"A reciclagem gera postos de trabalho e renda e aquilo que é problema, que é resíduo, vai passar a ser produto para as indústrias, que precisam do óleo como matéria-prima. Há uma gama enorme de produtos (biodiesel, sabão, tintas, vernizes e massas de vidro) que podem ser feitos com esse material que estamos jogando fora de forma irresponsável", resumiu Célia.

As pessoas, empresas e condomínios que estiverem interessados em fazer parte da rede de reciclagem do óleo de cozinha podem procurar informações nos sites www.trevo.org.br ou www.ecoleo.org.br.

Inovação Tecnológica

E agora, algo inusitado que acontece em NY> Um americano criou com vidro blindado, barras de aço e proteção para os olhos, algo que maliciosamente até, reune o útil e o agradável. Quem não gostaria de descontar sua força numa garrafa de vidro? E ainda AJUDAR o meio ambiente?

Assista a reportagem do Jornal da Globo, que vai ao ar às 00h e entenda do que eu estou falando.

E é isso! Flws e T+!

Nenhum comentário:

Postar um comentário